Redes Sociais e o isolamento social

Redes sociais durante o isolamento social

Considerando que as redes sociais neste período de isolamento social tiveram um aumento significativo nas interações, porque não usá-las a nosso favor?

É fato que estamos passando por muitas mudanças neste ano de 2020.  Muitos de nós, empreendedores, estamos revendo conceitos. Estamos nos adaptando a um novo modelo de trabalho e nos conectando de maneira diferente com as pessoas.

Somos obrigados a nos reinventar, querendo ou não!

…”com o constante crescimento da internet,  temos as mídias sociais como uma grande ferramenta para compartilhar idéias.  Além de promover uma marca, aproximar e fidelizar clientes.  Rede social é uma forma de relacionamento e contato com pessoas de interesses em comum.
Diante deste fato, é fundamental que as empresas não ignorem o poder da internet e os benefícios que ela pode trazer ao seu empreendimento.”, comentou Marcela Araujo no seu texto tempos atrás.

Apesar do número imenso de usuários das redes sociais antes da pandemia, hoje elas estão tendo um impacto muito maior em nossas vidas. Elas têm funcionado como uma aliada e ajudando em muitos aspectos da nossa vida profissional. E mesmo que algumas empresas estejam um pouco mais hesitantes em fazer publicações, particularmente acho que o momento não é para desanimar, mas sim para aproveitar as potenciais oportunidades.

Isso sem contar que  hoje exitem muitas outras plataformas que nos ajudam a colocar a criatividade em ação. São as Lives com inúmeros assuntos, os vídeos informativos, os networkings virtuais, etc.

Acredito que as redes sociais, principalmente nesse momento crítico, são ferramentas indispensáveis tanto para adquirir como para oferecer conhecimento.
Só vai ficar desatualizado quem realmente quiser!

O que não podemos esquecer também é que o modo do público consumir vem sofrendo alterações.

Isso é bom ou ruim? Não sei, mas é diferente!

Com cenário do  isolamento social e contando com o desenvolvimento tecnológico,  muitas pessoas estão preferindo o “delivery”. Outras tantas têm a ajuda de familiares ou amigos para compras de farmácia, mercado, etc. E muitos começaram a se adaptar com as compras pela internet.
Nunca se vendeu tanto online.
Por isso, é preciso que as empresas se mantenham relevantes no mercado e proporcionem uma comunicação efetiva com o seu público.

O importante agora é não desanimar, mas sim pensar em estratégias de comunicação, principalmente dentro das redes sociais.

Continue divulgando sua marca, seus produtos e seus serviços.
O retorno positivo chegará em breve!!

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.