Produtividade

Interrupções afetam sua produtividade

Todos nós vivemos hoje em dia em mundo de urgências e as tarefas do dia a dia parecem que nunca tem fim.  Nos perdemos com as cobranças e responsabilidades a todo momento. Isso acaba afetando muito a nossa produtividade e os resultados não terão a qualidade que esperávamos.

O que fazer? Como melhorar nossa produtividade?

Muitas vezes nós mesmos somos responsáveis pela baixa produtividade e nem nos damos conta disso, vamos nos envolvendo em tantas tarefas sem dar a elas a devida importância e prioridade que elas têm. Começamos a trabalhar mais e mais achando que assim colocaremos tudo em ordem, mas isso não é verdade. Quantas vezes ficamos trabalhando até tarde ou aos finais de semana e depois percebemos que nada adiantou?
Esse é um fator importante a ser observado, pois como vamos nos sobrecarregando, a qualidade dos nossos pensamentos criativos para resolver problemas, diminui. Ninguém consegue ter resultados positivos quando executa algo sob pressão. Impossível achar boas soluções estando com mil coisas na cabeça!

Ao longo do tempo desenvolvi algumas técnicas que me ajudaram muito em relação ao aumento de produtividade. Talvez funcione para você também:

  1. Procure saber em qual período do dia você “rende mais”. Observe quando tem mais motivação, mais criatividade, quando se sente mais disposto e inspirado para trabalhar. Talvez isso exija de você algumas mudanças de hábitos, mas vale a pena tentar.
    A minha produtividade é maior pela manhã e então tive que abrir mão de algumas coisas que fazia a noite, (assistir um filme até tarde ou sair pra jantar com amigos) e ir para cama mais cedo, para poder acordar bem disposta no dia seguinte e executar minhas tarefas mais importantes nesse período, deixando aquelas com menos prioridades para a tarde ou noite.
  2. Anote tudo que precisa fazer, usando uma agenda ou algum aplicativo (existem alguns muito bons!) que possa ajudar. Faça listas, mas não faça listas imensas, isso pode assustar um pouco a sua mente. Eu prefiro fazer listas diferentes para cada tipo de tarefa, ao invés de uma, faço três ou quatro listas, deixando-as bem visíveis e realizando-as conforme as emergências e importância.
  3. Interrupções são formas ótimas para baixar a produtividade. Telefonemas, conversas paralelas, redes sociais…tudo aquilo que nos tira o foco. Imaginamos que cinco minutos para checar as mensagens pessoais ou um telefonema qualquer não vão fazer a menor diferença no resultado final, mas vão sim! Um minuto de distração pode causar consequências muito negativas quando falamos em produtividade, pois quando saimos do foco, demoramos um bom tempo para retornarmos a ele.
  4. Sugiro que estabeleça seu “momento foco”.
    Eu recomendo que no seu período de maior produtividade, você deixe de lado tudo aquilo que tira sua atenção: telefonemas, mensagens, reuniões, etc. Foque no que está fazendo até terminar o seu período produtivo e suas tarefas de maior prioridade. E mais do que isso, durante esse período, concentre-se e trabalhe concentradamente. Não abra exceções. Avise que não quer ser interrompido, se preciso for.
    Claro que muitas vezes isso se torna difícil, imprevistos acontecem, mas já é um grande passo para aumentar a produtividade quando levamos a sério o “momento foco”.

Existe uma experiência minha (e se fizer sentido para você, faça também) que é me isolar totalmente uma vez ao dia, geralmente no meio da tarde quando não há urgências.  Por uma hora eu deixo de lado tudo e todos. Nesses momentos eu respondo meus e-mails pessoais, mensagens de WhatsApp, navego na internet, faço compras on line ou qualquer outra atividade pessoal. Isso não afeta minha produtividade, me deixa mais relaxada e me proporciona voltar ao foco com mais motivação.

  • Outra dica importante: no início da semana faça e refaça sua agenda. Tem reuniões, médico ou qualquer outra tarefa fora do “momento foco”? Programe-se!
  • Cuide da sua saúde fisica, mental e espiritual, do seu bem estar como um todo, isso influi diretamente na sua produtividade.

Divirta-se também com amigos, família. Nos finais de semana ou dias de folga, faça alguma coisa que traga prazer, recupere suas energias, sua criatividade e suas emoções.

Experimente!

Marcela A.
Webwirter

Leave a Reply

Your email address will not be published.