Marketing Digital pós pandemia

Rumo do marketing digital no mundo pós pandemia

No início de 2020, a população foi surpreendida por um novo vírus, COVID-19. E com
ele, surgiram diversos desafios, principalmente com o decreto da quarentena e do
distanciamento social.
Diversas empresas, em vários segmentos se deparam com o dilema entre fechar as
portas ou investir em novos formatos. Certo que, muitos infelizmente não conseguiram
realizar a segunda opção e precisaram fechar as suas portas.
No entanto,outras empresas encontraram no Marketing Digital uma maneira de
sobreviver e se destacar no mercado. E claro, essa mudança repentina trouxe numeras
descobertas e demandas para as agências .
Mas, será que essa movimentação será apenas nesse período ou tende a continuar?

Como será o Marketing Digital após a Pandemia?

Com base nesse questionamento, observamos alguns pontos no mercado e
gostaríamos de compartilharmos com você.

O Consumidor pós-pandemia
Como já podemos observar atualmente, o comportamento do consumidor já tem
passado por diversas transformações, e com isso modificando a estrutura do mercado.
É fato que, após a crise, as pessoas no geral, estarão mais cautelosas e até atentas a
diversas questões sociais que foram levantadas durante esse período.
E isso, se apresenta como um grande desafio para as diversas empresas. Como criar
estratégias para esse público que está diferente?
No entanto, a pandemia conseguiu acelerar tendências que já vinha crescendo com os
anos. Por exemplo, o e commerce conseguiu derrubar as barreiras que ainda impediam
que pessoas consumissem seus produtos.
Além disso, podemos ver o grande crescimento do consumo por aplicativos e até o
crescimento na educação online. Isso tudo, são apenas o reflexo das mudanças de
comportamento que possuem grande potencial de permanecer nos próximo anos, e em
cenários diferentes.

Transformação digital

Sabemos que a pandemia transformou totalmente a nossa rotina e maneira de
interagirmos em diferentes situações.
Diante do desse cenário, a única maneira de interação é por meio do universo digital.
Por isso, empresas que já haviam investido no mercado digital conseguiram se
sobressair daquelas que precisaram se adaptar em questão de dias.
Com isso, muitas empresas começaram perceber um série de deficiências em suas
estratégias de Marketing. Isso não significa que elas passaram a existir nesse
momento, mas que não eram tão nítidas quanto agora.
Consultórios odontológicos, sempre precisaram atrair cliente por meio da confiança e
fidelização, e existe maneira melhor do que fazer isso por meio do Marketing Digital?
E com o cenário atual, onde foram proibidos de realizarem tratamentos estéticos, como
implante dental e lente nos dentes, por exemplo. Como manter o negócio funcionando?
As clínicas e consultórios que já perceberam como utilizar o Marketing digital, produzir
conteúdos e enviá-los para os seu potencial cliente, acabaram se destacando.
Além disso, foi necessário modificar a maneira em que atendiam os seus pacientes, e
mais uma vez a tecnologia foi a principal aliada. Hoje, podemos encontrar clínicas que
oferecem teleconsultas.
E apesar de sumprirem a necessiddae atual, não é um modelo que possui intenção de
sair do ar, após esse período.
Esse, é apenas um exemplo de como a pandemia modificou a maneira de vivermos em
diversos aspectos. Inclusive a maneira de nos comunicarmos.
Novos canais de contato
Uma das grandes transformações nesse período, é a criação e desenvolvimento de
novos canais de comunicação. Nesse período, foi fundamental abrir novas
possibilidades de aproximação do cliente.
E podemos observar que esse não é apenas uma tendência durante a pandemia, e sim
uma nova forma de comunicação.
Por isso, podemos observar que cada vez mais empresas tem acordado para o fato de
terem que melhorar o atendimento, tornando-o mais rápido e eficiente.
Afinal, quem gosta de esperar em uma fila para se atendido?

Diante disso, a tecnologia tem tornado a principal aliada do Marketing, pois permite o
uso de diversas ferramentas com inteligência artificial, capazes de interagir
automaticamente com o público e resolver problemas mais simples, como dúvidas e
pedidos.

Marketing personalizado

O cenário da pandemia abalou muitos negócios e com isso, transformou a maneira de
como as empresas iriam vender e interagir com o seu público. Aqueles negócio em que
já investiram no Marketing Digital, tiveram mais facilidade e conseguiram resultados
melhores durante esse período.
E aqueles que não possuíam, precisaram digitalizar seus negócios, como já foi dito
anteriormente.
No entanto, existiam empresas em que seu maior investimento ainda eram no
Marketing Tradicional (publicidades em TV, OOH e mídia impressa). Diante desse
cenário, precisaram se reinventar e direcionar suas estratégias para o universo Digital,
já que atualmente tem sido a maneira mais eficiente de levar um cliente a comprar.
É possível criar estratégias que leve o cliente direto a sua página. Por exemplo, uma
clínica odontológica pode desenvolver estratégias para que sua página tenha melhores
resultados quando possíveis pacientes pesquisarem por aparelho invisível preço ou
prótese sobre implante dentário.
Por mais que em um cenário distante, as pessoas voltem a circular nas ruas, o
Marketing Digital, ainda poderá ser o principal meio de divulgação. Principalmente, por
ser segmentável, ou seja, por meio dele é possível alcançar público pequenos e ser
mais assertivo, ao invés de realizar grandes investimentos e ter uma porcentagem
pequena de conversão.
O Marketing Digital tem causado grande impacto no mercado, no entanto, poderá colher
como resposta a redução das vendas em espaço físicos. Além disso, podemos observar
que com a mudança de comportamento, ora por medo ou até mesmo por comodidade,
alguns publicos têm optado por comerem em suas casa, e realizarem todos os tipos de
compra em aplicativos e deliverys.
Diante disso, é válido que as marcas continuem concentrando seus investimentos
nessas estratégias e acompanharem os comportamentos dos consumidores.
O mundo está mudando rapidamente, e sua marca precisa acompanhar o mesmo ritmo.

Conteúdo produzido por Ana Laura Ferreira, redatora na Vue Odonto.

Leave a Reply

Your email address will not be published.